Gestão de Resíduos Sólidos – CGA/UFSC
  • Publicado em 28/03/2019 às 14:49

    Seja bem-vindo!

       
       
       
    * PEV = Ponto de Entrega Voluntária


  • A Coleta Seletiva durante a pandemia.

    Publicado em 18/05/2020 às 15:22

    O atual cenário de isolamento social, causado pela pandemia da Covid-19, afetou fortemente o trabalho de diversas cooperativas de materiais recicláveis, que tiveram suas atividades reduzidas ou suspensas por precaução e preservação da saúde dos trabalhadores. O risco de contágio está associado a probabilidade de os resíduos coletados advirem de usuários infectados. O tempo de permanência do vírus nas superfícies dos diferentes tipos de resíduos coloca os trabalhadores em uma situação de grande exposição, pois como indicam alguns estudos, o coronavírus pode permanecer até 5 dias em superfícies de plástico, papel e vidro. Além disso, vale ressaltar que, de acordo com a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat), grande parte dos trabalhadores pertencem ao grupo de risco (idosos, diabéticos, fumantes e pessoas com problemas respiratórios ou do coração). Outro risco existente é o da própria permanência nos galpões de triagem, caso não haja as condições de ventilação, higiene e proteção adequadas. 

    Fonte: Site ACMR- Associação de Coletores de Materiais Recicláveis.

    Em Florianópolis, para evitar a propagação do vírus e assim, minimizar os impactos da Covid-19, a Coleta Seletiva de recicláveis realizada pela COMCAP ocorre apenas em parte do centro da cidade, e está sendo ampliada para alguns bairros. A recomendação da companhia para os munícipes é a de gerar o mínimo de resíduos possível e manter os recicláveis armazenados em domicílio (limpos, dobrados e amassados para reduzir o volume e evitar vetores), até que retornem os serviços de coleta seletiva. Destaca-se também que os Ecopontos e os PEVs (Pontos de Entrega Voluntária) estão mantidos pela Comcap, portanto, nesses locais, a população pode levar seus materiais, que estão sendo encaminhados a algumas cooperativas. Na UFSC, a coleta seletiva está suspensa neste período.

    Diante dessa situação, as famílias que trabalham com a triagem e venda dos materiais recicláveis passam por momentos difíceis sem a renda mensal. Com o objetivo de ajudar os funcionários, a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat) deu início à Campanha de Solidariedade aos Catadores do Brasil, e criou um fundo nacional de solidariedade, por meio do qual podem ser feitas doações via depósitos bancários, tanto por pessoas físicas como por pessoas jurídicas. 

    Há também outras diversas campanhas de solidariedade a estes profissionais. Informe-se!

    Nesse momento, ser solidário e apoiar esta categoria é um ato de grande reconhecimento a esses profissionais que possuem um papel essencial na busca por um meio ambiente mais saudável e sustentável.

     


  • Relatório de Fiscalização dos Serviços Terceirizados de Manejo dos Resíduos Perigosos do Ano 2019

    Publicado em 15/05/2020 às 17:27

    A Gestão de Resíduos, da Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC, disponibiliza abaixo, o relatório de fiscalização dos serviços terceirizados de manejo (coleta, transporte, tratamento e destinação final) dos resíduos perigosos (químicos e infectantes) da UFSC (Campus Florianópolis e Campus Araranguá), referente ao ano 2019.

    O presente relatório tem como objetivo explicitar as pesagens e prestações de contas referente ao serviço terceirizado. Este serviço é realizado atualmente pela empresa PROACTIVA (do grupo Veólia), através dos contratos 175/2014 (manejo de resíduos químicos) e 176/2014 (manejo de resíduos infectantes).

    Para mais informações sobre o manejo de resíduos perigosos na UFSC acessar os links:

    Ficamos a disposição para dirimir quaisquer dúvidas por meio do e-mail .

     

     

    Relatório de Fiscalização dos Resíduos Químicos e Infectantes 2019
    AQUI