Resíduos eletroeletrônicos

O que fazer com os resíduos eletroeletrônicos não patrimoniados gerados na UFSC ou pela comunidade?

 

Tendo em vista a demanda por descarte adequado de resíduos eletroeletrônicos pela comunidade universitária e visitantes, há disponível um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de Resíduos Eletroeletrônicos no Campus Florianópolis, o ponto se encontra na Biblioteca Central da UFSC.

Poderão ser descartados no PEV itens pessoais (não patrimoniados) como computadores e periféricos, celulares, notebooks e pequenos eletrodomésticos (mais detalhes na imagem abaixo), os quais serão coletados pelo programa de reciclagem de eletroeletrônicos do Comitê para Democratização da Informática – CDI . Esta organização social reaproveita parte das peças recolhidas para promover inclusão digital em comunidades carentes; e a fração não reaproveitável é encaminhada à reciclagem em processo devidamente licenciado e certificado.

A coleta dos equipamentos descartados é realizada conforme a demanda e não acarreta custos à universidade.

Caso haja dúvidas ou seja necessário indicar a necessidade de coleta, ligar para Gestão de Resíduos (3721-5122 ou 3721-3836).

Placa informativa disposta junto aos PEVs

Placa informativa disposta junto aos PEVs

Descrição

Resíduos eletroeletrônicos consistem em equipamentos eletroeletrônicos descartados ou obsoletos. Como pode ser visto no quadro abaixo, estes resíduos têm em sua composição metais perigosos e de difícil degradação, que  podem ser causadores de graves problemas ambientais caso sejam descartados de modo incorreto. Alguns exemplos de resíduos eletroeletrônicos são televisores, monitores, telefones, celulares, mouses, teclados e geladeiras.

REE impactos saudeFonte: CEDIR/USP

Procedimento para equipamentos eletroeletrônicos patrimoniados

Na UFSC, este tipo de resíduo é normatizado pela portaria Nº 007/GR/2007, que estabelece os procedimentos para a gestão dos bens móveis permanentes integrantes do patrimônio mobiliário da Universidade e define as responsabilidades de seus servidores pela sua execução.

Os usuário de equipamentos eletroeletrônicos que contém número de patrimônio e por algum motivo não quiserem mais utilizar o objeto, deve clicar neste link e comunicar o Departamento de Gestão Patrimonial – DGP. Para materiais que estão em perfeitas condições o procedimento é deixar esse equipamento disponível para que outro servidor possa usufruir desse material. Os equipamentos eletroeletrônicos inservíveis são avaliados e quando possível são encaminhados para o setor de manutenção, senão são encaminhados para o desfazimento por parte da universidade através de leilão, doações ou acordos de logística reversa.

Equipamentos destinados ao leilão.

Equipamentos destinados para leilão.