Instruções para coleta de infectantes / Solicitação de coleta extra

A coleta de resíduos potencialmente infectantes na UFSC Florianópolis ocorre de duas formas diferentes:

  • Coleta nos geradores habituais e
  • Coleta extra em pontos específicos.

COLETA NOS GERADORES HABITUAIS

A coleta nos geradores habituais ocorre com frequência pré-determinada ou agendada nos seguintes locais: Departamento de Microbiologia e Parasitologia, Laboratório de Anatomia e Fisiologia, Departamento de Farmacologia, Laboratório de Mamíferos Aquáticos, Laboratório de Defesas Celulares (CCB), Departamento de Odontologia (CCS), Biotério Central (BIC), Centro de Ciências Agrárias Itacorubi, Núcleo de Estudos em Patologia Aquicola – NEPAQ, CCA Barra da Lagoa e Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce – LAPAD (CCA).

Nestes pontos, o acompanhamento da coleta é realizado com auxílio dos “fiscais setoriais”, nomeados pela Portaria 176/CCF/2014 de 8 de dezembro de 2016.

Instruções para fiscais setoriais

As principais atividades a serem realizadas pelos fiscais setoriais são:

1) Receber a equipe de coleta e acompanhar a coleta

2) Assinar os rótulos com nome legível

3) Preencher os Diários de Coleta e entregá-los na Gestão de Resíduos (fisicamente ou digitalizados por e-mail para gestaoderesiduos@contato.ufsc.br, com o título “Diário de Coleta – Infectantes”) até o último dia útil do mês das coletas.

Os fiscais devem lembrar de não manipular os resíduos e exigir que a pesagem do material seja realizada separadamente para cada tipo de resíduo (A1, A2, A3, A4 e E). Os fiscais também podem auxiliar o bom andamento do contrato observando se os resíduos foram bem acondicionados. Havendo quaisquer necessidade de alteração na forma de coleta (como dia da semana), dúvidas ou problemas, os fiscais setoriais devem entrar em contato com as fiscais gerais do contrato (as servidoras da gestão de resíduos Branda Vieira e Sara Meireles).

O tratamento prévio é de responsabilidade do gerador, não dos fiscais.

Aqui é possível baixar o folder com orientações para os fiscais setoriais (imprimir frente e verso, invertendo na borda curta). Este folder será entregue impresso aos fiscais também.

COLETA EXTRA EM PONTOS ESPECÍFICOS

Além dos pontos habituais, por vezes, há geração de resíduos infectantes em atividades específicas como campanhas de vacinação na universidade ou experimentos em laboratórios. Para solicitar a coleta extra, os geradores devem realizar o procedimento descrito a seguir:

Como solicitar coleta extra?

1) Realizar o Cadastro de Gerador de Resíduos Infectantes, conforme descrito na página. Este cadastro é necessário apenas uma única vez.

2) Enviar um e-mail para gestaoderesiduos@contato.ufsc.br com o título “Solicitação de Coleta Extra – Infectantes“, descrevendo:

  • tipo de resíduo (A1, A2, A3, A4 ou E), conforme classificação da anvisa (RDC 306/2004)
  • quantidade aproximada (em kg, ou quantidade de caixas de perfurocortantes com o volume das caixas)
  • tratamento prévio, quando realizado, também conforme determinado pelo anvisa (RDC 306/2004)
  • origem (se proveniente de campanha de vacinação, de experimento, de aula prática…)
  • solicitante (laboratório, departamento, setor solicitante)
  • servidor responsável pela entrega na coleta
  • telefone (ramal) do servidor responsável pela entrega na coleta
  • melhores dias para a coleta (observar que a coleta ocorre normalmente no período da manhã, entre 9 e 12 horas)

A partir deste e-mail, a coleta será agendada e o solicitante receberá uma mensagem confirmando a coleta.

3) Durante a coleta, o responsável deve assinar o rótulo de pesagem com nome legível e reter a segunda via do rótulo para inserir no diário de coleta.

4) Preencher o Diário de Coleta e entregá-lo o até o último dia útil do mês na Gestão de Resíduos (fisicamente ou digitalizados por e-mail para gestaoderesiduos@contato.ufsc.br, com o título “Diário de Coleta – Infectantes“.