Resíduos Orgânicos

Descrição: Os resíduos orgânicos tem por definição a fração orgânica que é gerada nos resíduos convencionais. Na UFSC os resíduos orgânicos são gerados de três formas, os restos de alimentos em sua grande maioria gerados no Restaurante Universitário-RU, as camas de maravalha e os óleos vegetais. Pode-se observar no mapa a seguir os locais que geram resíduos orgânicos e maravalha. Os óleos vegetais são gerados nos mesmo locais dos orgânicos, muitas vezes em lanchonetes ou locais com fritura de alimentos.

Fonte: Acervo próprio.

Fonte: Acervo próprio.

 

Legislação: A Lei nº 12.305/10 que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS rege o gerenciamento sobre resíduos orgânicos.

Procedimento: O acondicionamento da fração orgânica dos resíduos convencionais é feita em contentores de 240 litros e a maior geração se dá no RU. A coleta desse resíduos é realizada pela empresa Comcap diariamente e no período noturno. Por falta de empresas que apresentem licenciamento ambiental com certificado de destinação final ambientalmente correta conforme é previsto na legislação, os resíduos orgânicos ainda estão sendo encaminhados juntamente com os resíduos convencionais para o aterro sanitário da Proactiva, a medida que alguma empresa no estado consiga se regularizar para receber esses resíduos da UFSC, assim eles serão encaminhados. A figura abaixo ilustra as lixeiras do RU com segregação na fonte geradora.

Fonte: Acervo próprio.

Fonte: Acervo próprio.