Dados de geração dos resíduos químicos

A UFSC é responsável pela gestão e gerenciamento dos resíduos químicos produzidos em suas unidades, conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos, lei nº 12.305/2010.

Como parte do registro de resíduos perigosos destinados através do Contrato nº175/2014, apresentam-se as tabelas de geração (em kg) e gastos anuais da universidade para a destinação ambientalmente adequada dos resíduos perigosos. Os dados serão atualizados mensalmente.

Geração de resíduos (kg) e valor total (R$) gasto em 2018

Geração de resíduos (kg) e valor total (R$) gasto em 2017

Geração de resíduos (kg) e valor total (R$) gasto em 2016

Geração de resíduos (kg) e valor total (R$) gasto em 2015

Geração de resíduos (kg) e valor total (R$) gasto em 2014

Além dos registros de gastos acima apresentados, insere-se a Declaração de Movimentação de Resíduos (DMR), definida pela Portaria FATMA n° 324, de 11/12/2015. A DMR é um inventário da quantidade de resíduos gerados, transportados e destinados por geradores, transportadores e destinadores. A UFSC, sendo geradora, deve preparar e apresentar a DMR semestralmente. A partir do segundo semestre de 2016 iniciou-se esse procedimento na universidade.

Declarações de Movimentação de Resíduos e Rejeitos (conforme exigência do IMA – Instituto de Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina):

2018

Primeiro semestre de 2018 (Trindade)

Primeiro semestre de 2018 (Barra da Lagoa)

Primeiro semestre de 2018 (Armação)

Primeiro semestre de 2018 (Itacorubi)

Primeiro semestre de 2018 (NEPAQ)

2017

Segundo semestre de 2017 (Trindade)

Segundo semestre de 2017 (Barra da Lagoa)

Segundo semestre de 2017 (Armação)

Segundo semestre de 2017 (Itacorubi)

Primeiro semestre de 2017 (Trindade)

Primeiro semestre de 2017 (Barra da Lagoa)

Primeiro semestre de 2017 (Armação)

2016

Segundo semestre de 2016